Em atendimento à legislação eleitoral, os conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Agencia Metropolitana
de Sorocaba

Endereço: Av. Adolpho Massaglia, 350
Parque Campolim, Sorocaba - SP
18052-572

Telefone: (15) 3232-9970

Medidas mais restritivas foram decididas durante videoconferência entre prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba

Medidas mais restritivas como barreiras sanitárias foram decididas durante videoconferência entre prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba

Medidas mais restritivas no combate a Covid-19 foram discutidas durante videoconferência entre os prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba nesta segunda, dia 22.


A presidente da RMS e prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto destacou algumas medidas em conjunto com os prefeitos que podem ajudar a inibir a vinda de pessoas para o interior do estado de São Paulo, já que a capital terá feriados antecipados. Barreiras sanitárias nas entradas dos municípios, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária, fiscalização, com a ajuda de “drone”, nas estradas que dão acesso à zona rural e com punições como multa, além da intensificação das fiscalizações em toda a cidade.


“Nesta reunião produtiva, cada prefeito colocou a sua preocupação e chegamos a essas medidas mais restritivas. Somando forças e nos unindo, vamos enfrentar essa fase, que não é fácil. Se cada um colaborar, teremos menos contágio”, disse Simone Marquetto.


Para o prefeito de Boituva, Edson Marcusso, o entendimento da população é essencial. “Vamos intensificar a nossa fiscalização e orientação para que as pessoas usem máscara e se precisar ir ao supermercado, que vá uma pessoa apenas de cada família”, finalizou.


O diretor da agência da RMS, Anselmo Neto, frisou a importância dessa reunião, já que a situação é preocupante. “Estamos aqui para auxiliar as prefeituras no combate a essa pandemia que assola o mundo”, falou.


A deputada estadual Maria Lúcia Amary, que também participou da videoconferência, se prontificou a levar ao conhecimento do governo estadual essas medidas. “É um clamor. Vamos nos unir e salvar vidas”, disse.


Rodrigo Manga, prefeito de Sorocaba, concordou com as medidas restritivas e vai intensificar as fiscalizações na cidade. “Concordo com as ações decididas e vamos sim, colocar barreiras sanitárias para evitar a vinda de pessoas de fora para nossa região”, encerrou.


Participaram os prefeitos que compõem a RMS, Itapetininga, Ibiúna, Sarapuí, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, Salto, Alambari, Tietê, Boituva, Cerquilho, Sorocaba, Tapiraí, Capela do Alto, Cesário Lange, Votorantim, Mairinque, São Roque, além do diretor adjunto da agência da RMS, Márcio Tomazela.